segunda-feira, 14 de maio de 2012

Cogito, ergo doleo

Será que não se pode deixar

de idéias juntar, logo pensar?

Um vácuo diário numa mente

gerará talvez algum demente?


Vácuo com oxigênio, eu digo;

com os neurônios em abrigo!

Um descanso sereno no nada

curaria muita cabeça rachada.


O espírito que se desapegue

do corpo e su'alma entregue

à calma ausência da palavra

esquecida na cerebral lavra...

Nenhum comentário: