quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Maiêutica



Subirei pela escada de Jacó
sem anjo como exemplo
e no topo do terceiro céu
desatarei de Górdio o nó
conquistando o velo do eu

E o eu que quieto pereceu
volvendo em vida ao pó
agora vencerá e o troféu
porei sobre as chagas de Jó

Aos pés de Sofia nossa avó
lerei hieróglifos d'Perséu
e o som do piano em dó
susurrará: a razão verteu

Fé e ao sábio enlouqueceu
cortando o fio do bandó
deste Sansão não incréu
pedreiro em um templo

onde leu: γνῶθι σεαυτόν

Nenhum comentário: