terça-feira, 21 de maio de 2013

O Éden nosso de cada dia


Um campo de flores se torna nevado
quando o calendário é trocado, levado, rasgado
pela força arrebatadora do punho diário.
E a neve, lactosa como os céus em junho,
queda escarlate quando o puro gelo vê o pecado
da terra aflorando pelo aço do arado.

Nenhum comentário: