quinta-feira, 21 de novembro de 2013

O culto no qual se cultua

Sem o pensado silêncio,
sem a solene reverência,
sem a quieta comunhão
racional, um culto não há.

Se não estava na saraiva,
na chuva e no terremoto,
distante estará dos gritos,
d’feio som da alterada voz.

Leve é a liturgia de Deus,
e sublimada pelos cantos
dos santos fiéis faz breve
até mesmo o longo tempo.

Nenhum comentário: