quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Pitoresca introdução a específico manifesto

Em nome dos dias que serão,
dos suores próximos do verão,
dos trabalhos duros no serão,
das folhas sujas do almeirão.

Em nome das puras orações,
dos idiomas sem traduções,
dos versos livres dos turrões,
das pedras sujas nos aluviões.

Nenhum comentário: