domingo, 29 de dezembro de 2013

Hodie, non cras

Não há sentido em se dizer adeus.
Tudo vai conforme quer Deus.
Então, o olá da apresentação
nada muda no Maior coração.

A apresentação que é o parto
do tempo que nos segue lento
e a despedida que é o embrião
do além, duma despida oração.

Chegará suave o tal momento
de ser pó de pé, e o lamento
por ser pó na terra deitado.

Nenhum comentário: