segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Guerra santa

"Se eu cair, levanta primeiro meu estandarte." 
(Carlos V)
Lua de fogo, tão preciosa e impura:
alvura perdida na humana lida.
Que é a nossa vida senão secura?
A chegada é o início da partida
e a vontade, caminho de ventura.
Que se fará de mim, cheio de amargura,
quando rachar o escudo na batida?
A trombeta soa em aguda altura:
convoca à alma do homem sua espada.

Nenhum comentário: