quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

-- Sem título IX --

Não desejo para homem algum
os limites da prisão fria e gélida
que é a razão governando a vida,
como se a mente com o espírito
não fosse um, uno, integralmente
alquimista da equação do pensar.
Este cérebro a emoção bombeia
e meditação pulsa esse coração.

Ratio est radius divini luminis!

Nenhum comentário: