sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Luceat eis

Bela é a luz, luz mansa,
quando revela no ar
o átomo na partícula.
Faz brilhar a poeira
quando se abre a janela. 

Vede aí a fina fresta,
tua liberdade:
a medida que eleva
à visão o pequeno,
o silencioso ativo. 

Nenhum comentário: