sexta-feira, 1 de maio de 2015

Tempora anni

Enquanto a chuva cair
o mundo estará salvo.
Enquanto o dia for claro
e a noite pedir fogo,
o mundo dormirá.
A chuva é refrigério,
o fogo é aconchego
e sujeitos nós somos:
sujeitos individuais
sujeitos a adjetivos
e a simples substantivos.
Sujeitos ao frio
com ou sem agasalho.
Ao calor sujeitos
sem ou com pia nudez.
Enquanto o pensamento
mudo tocar o mundo,
descansará o espírito
dos quietos, dos pacíficos,
destes mansos que ao sol
o meigo roçar da luz
esperam té que a água
com carinho banhe a pele.

Nenhum comentário: