sábado, 20 de junho de 2015

Quarteto do Sábado

Não à repetição inconseqüente;
mas à repetição à mão obediente.
Todo dia uma linha,
para dizer “és minha!”

Boa noite, anjo. Bom sono!
Bom châteaux en Espagne...

Glorioso fio de prata,
tu me encontraste
no meio do meio do caminho
de nossa vida.

Senhor, eu sou frágil.
Fazei, então, frágil a minha fragilidade.
Senhor, eu sou fraco.
Fazei, então, fraca a minha fraqueza

Nenhum comentário: