domingo, 9 de agosto de 2015

O Niilista


Debate-se dentro de ti o teu eu,
lançando-se contra às internas 
paredes da tua carne de alma?
O oco é campo de fúria e guerra.
Frenesi, louca dança macabra:
estás em ti mesmo perdido e só.
Turbado coração, turvada mente,
inconseqüente bailado cerebral!
A verdadeira mentira mastiga-te,
consomem-te os ácidos da dúvida,
as pelejas intestinas evacuam-te
do mundo, como o piar da coruja
que voa cantando a própria morte.

Nenhum comentário: