quinta-feira, 19 de novembro de 2015

A arca

Compra uma fábrica de balões coloridos.
Chama a cidade toda para vir enchê-los.  
Oh, eles não quiseram participar da festa...
A televisão foi ligada e dormiram a sesta.
Gasta então toda a tua pneuma e assopra,
Assopra, assopra e sozinho... assopra!
Pega a cadeira de balanço da tua avozinha.
Amarra nela a plural multidão dos barbantes. 
Encontra o outro mapa perdido de Piri Reis.
Achaste a Pasárgada chamada Avalon?
Então, solta os pesos -- o chumbo dos livros.
Aponta a bússola para lá e voa, voa, voa!
Voa para o além, para a terra das nuvens,
Para o palácio dourado do sonho infantil,
Para o reino onde os balões são de graça. 

Nenhum comentário: