quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Tu scendi dalle stelle

Tu te escondes entre as ramagens de estrelas,
Entre as copas siderais das florestas celestes.
Se eu, à noite, olhar para cima, procurando-te,
Ver-te-ei brilhando através da luz das galáxias?
O telescópio desta alma tomará por piscadela
Tua toda luminância amorosa que o céu verter. 

Nenhum comentário: